Portugal – Angola uma relação especial

Assembleia da República, Lara Martinho

No âmbito da minha participação na comitiva do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa na visita a Angola, pude testemunhar este interesse por parte das várias províncias em captar investimento português.

Anúncios

Direitos dos trabalhadores portugueses nas Lajes

Açores, Assembleia da República, Base das Lajes, Lara Martinho, Terceira

Garantir os direitos dos trabalhadores portugueses na Base das Lajes e reforçar a transparência informação para que os Terceirenses confiem ainda mais no trabalho que está a ser desenvolvido foram os pontos que evidenciei na audição do MNE sobre a Base das Lajes.

SST Açores

Açores, Assembleia da República, Lara Martinho, Terceira

Lara Martinho destaca Centro Nacional de Operações SST nos Açores, um marco na estratégia nacional e europeia do espaço

 20 Fevereiro, 2019MinistroDefesaAcores

Lara Martinho 

A deputada do PS Lara Martinho felicitou hoje, na Assembleia da República, o ministro da Defesa Nacional por ter assinado dois protocolos fundamentais para a estratégia de cooperação deste Governo da República com a Região Autónoma dos Açores.

João Gomes Cravinho esteve ontem na ilha Terceira e assinou um protocolo relacionado com a cedência de infraestruturas no TERINOV para a instalação do Centro Nacional de Operações do programa Space Surveillance and Tracking (SST), “um espaço de excelência para um centro que será um marco na estratégia nacional e europeia do espaço, e que reforça a posição geoestratégica dos Açores”, segundo Lara Martinho.

O segundo protocolo foi assinado com a Câmara Municipal de Angra do Heroísmo para a reabilitação da Igreja de São João Baptista e criação de um centro interpretativo da fortaleza de São João Baptista.

Respondendo à deputada socialista, o ministro defendeu que a visita aos Açores foi “extremamente interessante”, já que o Governo está a avançar satisfatoriamente com a cedência de instalações para o Centro Nacional de Operações SST. João Gomes Cravinho frisou que os sensores óticos que vão ser instalados na Madeira e na ilha de São Miguel vão permitir “saber o que se passa no espaço e isto é muito interessante para os nossos parceiros europeus”.

Já a reabilitação da Igreja de São João Baptista “deve merecer todo o nosso apoio, temos de saber cuidar do nosso património histórico, é um contributo muito importante”, afirmou o ministro da Defesa Nacional.

Dossiers importantes na ilha Terceira

A parlamentar eleita pelo círculo dos Açores considerou que, ao longo desta legislatura, temos assistido “a uma mudança em dossiers muito importantes” para a ilha Terceira, como por exemplo a situação da Base das Lajes e a atenção que tem sido dada ao processo de descontaminação, havendo uma “convergência de interesses”, nomeadamente nos critérios encontrados por Portugal Continental, EUA e a Região Autónoma dos Açores, como bem referiu o Presidente do Governo Regional.

“Este é um dossier prioritário para os Açores, acima de tudo porque queremos garantir que é efetuada uma descontaminação efetiva e que é salvaguardada acima de tudo a saúde e segurança das pessoas que vivem na ilha Terceira”, explicou Lara Martinho, que se mostrou convicta de que também é uma prioridade para o atual Executivo, “como aliás o tem demonstrado”.

O ministro da Defesa Nacional sublinhou que, em relação à descontaminação da Base das Lajes, o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) já elaborou dois relatórios intercalares, o que permite ao Ministério dos Negócios Estrangeiros trabalhar com os norte-americanos para se apurar responsabilidades. O governante revelou que o relatório final deve estar concluído no mês de abril.

Governo português leva Açores à Conferência de Munique

A deputada do PS lembrou ainda que se realizou na semana passada a Conferência de Segurança de Munique, “a maior e mais importante em mais de cinquenta anos de história”. O ministro da Defesa Nacional foi um dos oradores, sendo que há muitos anos que não havia a presença do Governo português nesta conferência.

Entre várias questões importantes, João Gomes Cravinho salientou a nova centralidade do Atlântico, em que “os Açores têm um papel particularmente relevante”. “O Atlântico tem uma centralidade renovada e é muito importante para Portugal, tendo em conta a nossa posição geoestratégica”, sintetizou.

Lara Martinho focou-se depois no encontro da Assembleia Parlamentar da NATO que decorreu em Bruxelas, no início da semana, na qual participou, e divulgou que em destaque estiveram “os desafios e ameaças que a organização enfrenta, no ano em que comemora 70 anos da sua existência, e a forma como tem conseguido adaptar-se a esta nova realidade, um mundo muito diferente de há cinco anos”.

A socialista considerou que o mais interessante do encontro “foi a participação de uma forte delegação norte-americana, que contou com a presença da speaker Nancy Pelosi, que veio reafirmar o empenho dos EUA na relação atlântica e em que apresentou a resolução aprovada no passado dia 22 de janeiro de compromisso para com a NATO. O NATO Support Act rejeita qualquer esforço para retirada dos EUA da NATO e proíbe mesmo o uso de fundos para abandono por parte dos EUA da NATO”.

Açores

Açores, Assembleia da República, Base das Lajes, Lara Martinho, Terceira

A minha intervenção na audição do Ministro da Defesa Nacional em que destaquei a Conferência de Segurança em Munique, em que foi reforçada a importância da posição geoestratégica dos Açores na defesa do Atlântico, o encontro da Assembleia Parlamentar da NATO com destaque para a presença da Speaker Nancy Pelosi e o futuro da relação transatlântica e claro os recentes protocolos assinados nos Açores, destacando ainda o facto de ser fundamental uma efetiva descontaminação na ilha Terceira, salvaguardando-se acima de tudo a saúde e segurança de todos os que vivem na ilha Terceira.